Comida é para dar prazer e felicidade

4 out

Por Dora Estevam


Imagino que quase todos os adultos já fizeram dieta pelo menos uma vez na vida. Sei também que depois que pararam de seguir um rigoroso cardápio indicado pela médica voltaram a engordar. Por algum motivo na sua vida, seu peso vai e não volta. Se volta, volta bem pouco. É o efeito sanfona. A ideia desta entrevista não é mandar ninguém para o médico ou spa, é apenas lembrar que eles existem e sempre é saudável recomeçar uma dieta ou, se preferir, fazer uma reeducação alimentar.

Na conversa com a nutricionista Lara Natacci percebi que a felicidade está ligada a alimentação, também. Tenho falado de moda, beleza, estilo de vida, luxo, mas devo lembrar que a saúde é muito mais importante do que tudo isso. Espero que goste.

1) A pessoa está angustiada porque não consegue emagrecer, está fora de peso. Acaba se apertando em uma roupa com o manequim menor para não encarar o tamanho do corpo, o verdadeiro que não dá para esconder. Isso sufoca. Qual o primeiro passo para ela procurar ajuda?

Dra. Lara: Bom, se as roupas estão apertadas é sinal de que houve um ganho de peso e de gordura corporal. Neste caso o ideal é procurar ajuda profissional, para verificar a dimensão do problema. Uma avaliação nutricional com medição de IMC (relação peso X altura), circunferência abdominal, porcentagem de gordura, complementada por exames laboratoriais, seria bem indicado.

2) Partindo do fato de que as pessoas obesas continuam obesas, podemos dizer que a obesidade não tem cura?

Dra. Lara: Infelizmente a cura ainda não foi encontrada, Existem vários tipos de tratamento, mas em longo prazo, segundo estudos científicos, a maioria deles não funciona. O mais importante é aliar vários tipos de tratamento: nutricional, clínico, comportamental e de atividade física.

3) Os livros falam que emagrecimento é só uma questão de controlar a ingestão de calorias e fazer uma dieta equilibrada. Há consciência sobre o desequilibrio metabólico; é a coisa da obesidade? O excesso de comida é a causa da obesidade?A quantidade faz realmente a diferença?

Dra. Lara: Não somente o excesso de comida, mas também a qualidade da alimentação e o sedentarismo. Nossa alimentação atualmente é em boa parte baseada em alimentos prontos, industrializados, restaurantes, e nosso gasto com atividades físicas diminuiu muito também.

4) A obesidade traz problemas para a saúde?

Dra. LaraSim, ela pode ser um fator de risco para hipertensão, diabetes, dislipidemias. Pode ocasionar problemas ortopédicos, emocionais, e até alguns tipos de cânceres podem ser associados com a obesidade.

5) No Best Seller A Dieta Revolucionária do Dr. Atkins ele afirma que a retirada do carboidrato é a primeira etapa de uma dieta. O Carboidrato é o vilão?

Dra. Lara: Não. O carboidrato é um nutriente que fornece energia ao organismo, e se não for refinado (na forma integral), vai trazer nutrientes importantes, como fibras, vitaminas e minerais. Quando retiramos drasticamente o carboidrato da dieta, normalmente não conseguimos manter essa restrição por muito tempo. E a dieta de proteínas ainda pode causar problemas de saúde, comosobrecarga no fígado ou nos rins.

6) É preciso fazer uma mudança rápida nos hábitos alimentares: é possível viver sem o carboidrato?

Dra. LaraIsso não condiz com nossos hábitos alimentares, por isso não é indicado. Podemos melhorar a qualidade dos carboidratos ingeridos, com cereais integrais, ricos em fibras, e controlar a qualidade e quantidade dos outros alimentos também.

7) Coma o que quiser e a hora que quiser. Isso é possível para quem quer emagrecer?

Dra. LaraNão. Devemos estar atentos à qualidade da alimentação e evitar sobretudo jejuns prolongados, que diminuem o metabolismo (gasto de energia do corpo), podem aumentar o cortisol (hormônio do estresse) e causar um aumento da ingestão de alimentos na próxima refeição, por causa da fome muitas vezes incontrolável.

Emagrecer é uma questão de ganhar energia, disposição e autoconfiança?

Dra. Lara: se a alimentação estiver balanceada, sim. Caso contrário, pode diminuir a imunidade, a disposição, energia, e até interferir na parte emocional.

9) Todos os alimentos que encontramos no mercado com indicações de baixa calorias em grande variedade funcionam mesmo ou são pobres em calorias?

Dra. Lara: Para serem considerados light, os alimentos devem ter uma redução de pelo menos 25% no valor calórico. Há bastante fiscalização da vigilância sanitária neste sentido.

10) Há uma preocupação com a besidade: a sociedade é sedentária?

Dra. Lara: Sim, a atividade física diminuiu bastante com o aumento do uso de carro, elevador, escada rolante, controle remoto, celular, etc. As pessoas trabalham mais e têm menos tempo para atividades físicas e de lazer. Isso, junto com uma piora da qualidade da alimentação pode contribuir para o aumento de peso da população.

11)
A tentativa de emagrecer com pílulas ou de fazer dieta errada preocupa. Estes fatos podem levar a morte ou ao envelhecimento precoce?

Dra. Lara: Os remédios para emagrecer podem ocasionar efeitos colaterais diversos, por isso só podem ser consumidos com acompanhamento médico. Além disso, é muito comum o efeito sanfona quando as pessoas param de tomar.

12)
É possível perder 20, 30, 40 quilos em alguns meses somente com alimentação controlada?

Dra. Lara: Em vários meses sim, pois a perda rápida de peso pode gerar perda de massa magra, flacidez e diminuição no metabolismo.

13) A gordura-obesidade foi considerada a doença do século XX, como estamos agora?

Dra. Lara: A última pesquisa publicada pelo IBGE é de 2003. Nesta pesquisa 40% da população brasileira estava acima do peso.

14)
Emagrecer facilmente ou rapidamente?

Dra. Lara: Devagar, para poder manter o peso perdido.

15) A felicidade está ligada a alimentação?

Dra. Lara: Sim, a dieta não pode ser mais um motivo de estresse na nossa vida. O alimento tem que nos proporcionar prazer também. E a grande parte de nossos compromissos sociais envolvem alimentação, por isso temos que ter uma boa relação com a comida.

Mais informações no site DietNet


Dora Estevam é jornalista e escreve sobre moda e estilo de vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: